A chegada do filhote (cães)

A chegada do filhote (cães)

Filhotes são tudo de bom, isso ninguém pode negar! Eles encantam a todos com aquele olhar brilhante e curioso. São uma fonte de amor inesgotável, sempre correndo felizes pra lá e pra cá, esbanjando energia e fazendo muita bagunça. Porém, esse comportamento energético precisa ser domado rs.. Precisamos nos policiar a começar os ensinamentos desses pequenos desde cedo, para que esse filhote cresça saudável e se torne um adulto seguro e obediente.

Chamar a atenção de um filhote quando ele está aprontando, muitas vezes pode ser frustrante, pelo fato de que a maioria das vezes ele vai te ignorar ou até mesmo não entender a correção. Ao invés de punir, trabalhe com a recompensa pelo que é feito corretamente. Assim, o cão vai aprender com mais facilidade e interesse, por saber que está te agradando. Para evitar as mordidas insistentes do cachorro, caso ele não queira se ocupar de brinquedinhos, ensine-o o valor da palavra “NÃO”.

Na hora de escolher uma acomodação para o filhote dormir, é bom levar em consideração que seja em um local pouco barulhento, pois assim como os bebês, eles também necessitam de tranquilidade e paz na hora de descansar. Sua caminha deve estar sempre limpa, seca e bem aquecida fornecendo conforto e segurança. Vale disponibilizar cobertas para mantê-lo sempre quentinho. O ambiente ideal para a caminha do filhote deve ser longe de produtos de limpeza, cabos, plantas e fios, pelo fato dos filhotes serem curiosos e adorarem explorar o mundo com a boca.

É aconselhável que o momento ideal para o banho do filhote seja após a primeira dose da vacina, que só é aplicada após os 45 dias de vida. Se o banho for dado em casa, preste atenção na temperatura da água e escolha os horários mais quentes do dia. Tome bastante cuidado para que a água não entre no nariz e ouvido e lembre-se de secar o filhote muito bem, pois nessa fase, os cães têm baixa resistência imunológica.

A troca de dentes acontece entre o quarto e o quinto mês de idade. Nessa fase os filhotes vão querer morder absolutamente tudo. O cenário ideal é que todos os dentes de leite caiam e não haja comprometimento da mordedura e nem venha a predispor o desenvolvimento de placas bacterianas. É preciso que o filhote tenha sempre algo duro para morder, portanto, forneça mordedores e brinquedos a vontade. As brincadeiras são importantes para que ele desenvolva suas capacidades físicas e psicológicas.

Outro fator importante para a saúde dos filhotes é a alimentação. Entre o primeiro e o segundo mês completo de vida, o cão já pode consumir ração ou se preferir já é possível inseri-lo na alimentação natural, desde que seja feito acompanhamento veterinário especializado. Estabeleça horários específicos para alimentá-lo e respeite religiosamente. A quantidade de alimento fornecido também deve ser respeitada de acordo com a idade e peso do filhote evitando o sobrepeso do animal.

Não repreenda seu filhote se ele fizer suas necessidades no lugar errado, ou você pode acabar fazendo com que ele se sinta inseguro. Tapetes higiênicos são grandes aliados para esses casos e hoje já estão disponíveis em abundância em todos os pets shops. Disponibilize tapetes higiênicos pelo ambiente e tenha calma e paciência ao ensiná-lo. Recompense-o com muitos elogios toda vez que ele fizer suas necessidades no lugar correto.

Se você tem outros animais de estimação, procure dar bastante atenção a eles também, para que não fiquem com ciúmes na presença do novo filhote. Comece por mantê-los longe, alimente-os separadamente e faça a aproximação com cautela. Uma vez que eles se conheçam, provavelmente se tornarão bons amigos. Animais idosos podem ficar muito estressados e sem paciência na presença de um filhote cheio de energia, portanto, vale fornecer uma atenção redobrada a esses casos.

Marcella C M de Souza
Formada em Medicina Veterinária pela Universidade Paulista em 2009.
Pós-graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas em 2013.
Pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pelo Senac em 2017.

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*